Quando se está fora de casa, não se pode brincar com segurança. Emergências médicas em alguns países podem custar muito caro, por exemplo. Algumas emergências podem não ser tão graves, mas podem causar grandes dores de cabeça. Neste post, nós daremos algumas dicas para que você as evite e, se mesmo assim ocorrerem, diremos como contorná-las. Olha só:

Confira se a sua agência de viagens conta com assistência 24h

A gente nunca espera precisar de um serviço como esses, mas, quando se trata de viagens, é sempre bom poder contar com a ajuda de alguém que seja especialista no assunto. A Stabia TMC, por exemplo, fornece assistência 24 horas para o viajante, de maneira que os fusos horários não sejam um fator impeditivo para que você seja bem atendido a qualquer hora.

Nunca deixe de contratar um seguro viagens

Está aqui outra coisa que não esperamos precisar. No entanto, esta é uma medida de extrema importância. Da mesma forma que contamos com planos de saúde em nossas cidades natal, o seguro viagem lhe garantirá um bom atendimento em casos de emergências de saúde.

A seguradora contratada normalmente pode ser acionada por telefone, e os custos da ligação também são cobertos por ela. O atendimento usualmente pode ser feito em português, e a qualquer hora do dia.

Confira quais são os limites impostos pelo contrato com a seguradora. Confira se esta realiza reembolso para atendimentos realizados fora da rede conveniada, assim como os gastos tidos com medicamentos.

Leve sempre um kit de primeiros socorros

É muito fácil comprar remédios em sua língua materna. No entanto, esta tarefa pode parecer quase impossível em países de idioma e principalmente de alfabetos diferentes dos nossos. Andar com uma pequena bolsa que contenha antitérmicos, anti-inflamatórios, analgésicos, antialérgicos, remédios para o trato gastro-intestinal e para enjôos, além de bandagens para curativos e aquela pomadinha que serve para tudo podem facilitar (e muito!) a manutenção do seu bem-estar enquanto você estiver fora.

Ande sempre com o seu passaporte ou com uma cópia autenticada

Neste caso, a segunda opção é sempre melhor. A sua identidade, quando você se encontra fora do país, se dá exclusivamente a partir do seu passaporte. No entanto, andar com ele para cima e para baixo pode ser uma ideia ruim, já que existe sempre o risco de perdê-lo e, para voltar para o Brasil requer tal documento. Por isso, antes de viajar, é sempre válido que você faça uma cópia do seu documento e realize uma autenticação em cartório. Desta forma, não haverá grandes riscos e você estará sempre devidamente identificado.

Tenha sempre uma quantia razoável do dinheiro local em espécie

Nunca vá a outros países sem uma boa quantia em espécie da moeda local. Por incrível que pareça, diversos estabelecimentos de muitos países não possuem o costume de aceitar cartões.

Na França e na Alemanha, por exemplo, pode ser difícil encontrar lojas pequenas que aceitem outra forma de pagamento além do dinheiro em espécie.

Esta medida facilita também o seu transporte. É provável que um táxi, por exemplo, não ande com maquininhas de cartão.

Adquira um pacote de dados móveis assim que chegar ao seu destino

Em um mundo digital, é comum ter dúvidas que só podem ser sanadas por meio da internet. Os pacotes de dados estão cada vez mais baratos, e funcionam muito bem fora do Brasil. Em algumas emergências, por exemplo, ter um GPS acessível a qualquer hora pode salvar a sua vida.

Ande sempre com o seu carregador ou com um bunker de bateria

Mantenha sempre o seu carregador em sua mala ou bolsa. Andar com bunkers de bateria é ainda melhor, caso você não encontre uma tomada onde estiver. Dessa maneira, você nunca estará despreparado quando a emergência for acionar um Uber ou até mesmo descobrir o significado de uma palavra que você desconhece.500

Confira esta lista de aplicativos úteis – que podem salvar a sua vida em viagens

Esteja sempre atento aos horários de seus voos – e planeje-se sempre para chegar ao aeroporto com folga

Perder um vôo dentro do Brasil não parece o fim do mundo. No entanto, perder um voo na Ucrânia pode ser o seu pior pesadelo. Em um país em que tudo é diferente – o idioma, os hábitos, o alfabeto -, em que poucas pessoas dominam linguagens mais universais como o inglês, qualquer emergência pode ser a pior situação imaginável.

Confira estas dicas para evitar que suas bagagens sejam extraviadas

Dê uma olhada na previsão do tempo para o seu destino

Entenda como é o clima de seu destino. Algumas cidades, como Browning, nos Estados Unidos, já chegou a registrar 7ºC e -49ºC em um mesmo dia. Desta forma, você não se surpreenderá quando chegar, e principalmente, não precisará de ir atrás de um casaco quentinho com urgência!

E aí, gostou das nossas dicas? Assine a nossa newsletter e receba muitas outras!

Scroll Up
Share This