Após um voo cansativo, não há nada mais frustrante do que esperar por sua mala na esteira até entender que ela acabou sendo extraviada. Todo mundo já passou pela situação ou ao menos conhece alguém que já passou. O fato é que imprevistos acontecem e estão fora do nosso alcance. Neste post te daremos algumas dicas que dificultam a situação e que com certeza diminuirão o seu estresse. Confira:

Sempre leve uma troca de roupas e itens básicos em sua bagagem de mão. Chegar ao seu destino e não poder tomar um banho e vestir roupas limpas pode ser bastante desagradável.

Dê destaque à sua mala. Você pode escolher por opções coloridas ou amarrar um lenço estampado caso ela seja neutra. Isso dificultará confusões e tornará mais fácil o seu reconhecimento.

Identifique a sua bagagem. Muitas malas já vem com etiqueta própria com essa finalidade. Coloque o seu nome, país em que mora, telefone e e-mail.

Jamais despache objetos de valor como joias, câmeras, notebooks ou até mesmo dinheiro. Assim, sua perda será menos cara.

Evite despachar malas de grifes caras. A companhia aérea não a reembolsará em uma possível indenização, além de que ela poderá chamar a atenção de bandidos.

Tire fotos de dentro e de fora da mala. Isso facilitará a descrição de sua bagagem para o funcionário do achados e perdidos e também ajudará a estimar o valor de suas perdas.

Faça um seguro de assistência de viagens. Além de cobrir eventuais problemas de saúde, eles costumam reembolsar o cliente em casos de extravio.

Retire qualquer etiqueta de voos anteriores. Principalmente em conexões em que há a passagem pela imigração.

E se, mesmo com esses cuidados, a sua mala não aparecer…

Procure algum agente da companhia aérea que realizou o seu voo e peça pelo Relatório de Irregularidade de Bagagem. Evite ao máximo sair do aeroporto sem ele. Ao deixar o aeroporto, você tem 7 dias para consegui-lo. Com esta opção, suas chances de conseguir uma indenização diminuem.

Você pode exigir da companhia aérea uma compensação financeira (que varia de empresa para empresa) para comprar itens de primeira necessidade. O valor gira em torno de 150 dólares. Caso não consiga, guarde os recibos de seus gastos.  Se o atraso foi maior do que 72 horas, a compensação será maior. Em voos internacionais, as companhias devem reembolsar despesas no limite de 1.131 DES (Direitos Especiais de Saque), que equivalem a aproximadamente 5.300 reais.

Preparo para a sua próxima viagem? Esperamos que as nossas dicas possam te ajudar a cuidar ainda melhor da sua mala! Até o próximo post!

Scroll Up
Share This